10 novembro 2009

GEOGRAFIA TRADICIONAL


Clássica( Alemã): Sistematização com Humboldt e Ritter, funda a Geografia acadêmica e estabelecem princípios, objetos e objetivos para a ciência geográfica. Geografia surge nos moldes positivistas de uma ciência natural. A combinação e entre fenômenos inter-relacionados (clima, relevo, vegetação, geologia e outros) resultam nas correlações causais que resultam na unidade da natureza( visão universalista, enciclopédica, empirismo descritivo, ...). Determinismo Ambiental: Ratzel e a Escola Alemã (espaço vital, geopolítica, ambientalismo). Visão naturalista aplicada ao estudo da sociedade.


Possibilismo: La Blache e a Geografia Regional (escola francesa: paisagem-região, gênero de vida). Analogia organicista: processo evolutivo e de maturação da região, onde muitas obras humanas se fixam incorporados sem contradições ao quadro final da ação humana sobre natureza Região e pais agem se equivalem representando uma entidade concreta, visível, palpável. Componentes humanos e da natureza se entrelaçam harmoniosamente. (alguns autores identificam no Possibilismo a entrada do historicismo na Geografia).

Yi-Fu Tuan e Hartshorne

Geografia Racional e Método regional: (HETTNER E HARTSHORNE): Richard Hartshorne é considerado um dos responsáveis pela transição para a renovação na Geografia. Moraes (2003, p. 85) denomina como Geografia Racional devido a menor carga empírica dessa corrente. Alfred Hettner, que publicou suas obras entre 1890 e 1910 influenciou diretamente Hartshorne. Hettner foi uma espécie de terceiro caminho para a análise geográfica no período de maior confronto entre o Determinismo e Possibilismo. HETTNER propôs a Geografia como estudo de áreas,. A geografia tem para ele, o objetivo de explicar as razões pelas quais as diversas porções da superfície terrestre se diferenciam. O caráter singular das diferentes parcelas do espaço viria da forma particular de inter-relação entre os fenômenos aí existentes, cabendo á geografia descobrir e explicar. HARTSHORNE teve como maior característica a discussão epistemológica da Geografia. O método regional, criado por Hartshorne (obra data de 1939) entendia ser objeto específico da geografia a diferenciação de áreas que constituiria na própria regionalização, na consideração do conjunto de fenômenos heterogêneos que definiria cada espaço. A região seria produto mental obtido a partir do uso pelo pesquisador de critérios metodológicos para o recorte espacial. Hartshorne salientava a necessidade do estudo de casos individuais. A generalização viria depois com a comparação dos diferentes estudos.

FONTE:
AMORIM Filho, Oswaldo B. Reflexões sobre as tendências teórico-metodológicas da Geografia. Belo Horizonte, ICHS, UFMG, 1978
CHRISTOFOLETTI, Antonio. As perspectivas dos estudos geográficos. In: Perspectivas da geografia. São Paulo: Difel, 1982.
CLAVAL, Paul.. A Nova Geografia. Coimbra: Almedina, 1982.
CORRÊA, Roberto L. Região e organização espacial. 4ª ed. São Paulo: Ática, 1991.
FERREIRA, Conceição C.; SIMÕES, Nataércia N. A evolução do pensamento geográfico. Lisboa: Gradiva, 1986.
MORAES, Antonio C. R. Geografia: pequena história crítica. 19ª ed. São Paulo: Annablume, 2003.
SANTOS, Milton. Por uma Geografia Nova: da crítica da Geografia a uma Geografia Crítica. São Paulo: Hucitec, 1978.
SILVA, Armando Corrêa da. O espaço fora do lugar, São Paulo: Hucitec, 1988.

13 comentários:

  1. não obtive a resposta que precisava característica da geografia tradicional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm ñ tive essa resposta

      Excluir
  2. gostaria de saber data e ano precisos desta geografia

    ResponderExcluir
  3. da preguiça de leer veeey ... kkkkkkk'

    ResponderExcluir
  4. obrigada pelo texto.

    ResponderExcluir
  5. esse texto ñ presta pra nada.putzz

    ResponderExcluir
  6. REALMENTE PARA A MENTE CRÍTICA QUE TODO GEÓGRAFO TEM A OBRIGAÇÃO DE POSSUIR, O MATERIAL ACIMA É MUITO FRACO. PARECE UM RESUMO MAL FEITO. LAMENTÁVEL, MAS SEM XINGAMENTOS. MELHORE MUITO O QUE VOCÊ TEM PARA MOSTRAR. ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  7. Porcaria esse texto, perdi meu tempo lendo isso

    ResponderExcluir